Motorola pode lançar smartphone dobrável inspirado pelo Razr V3, indica patente


Os smartphones dobráveis prometem chegar com tudo em 2019 e a Motorola pode reviver um dos seus celulares mais icônicos: o Razr V3. A empresa obteve uma patente de um telefone flexível, cujo o design lembra bastante os antigos aparelhos de flip. Os documentos dão ainda detalhes de como deve funcionar a flexão da tela do modelo.

As patentes obtidas pelo site SlashGear mostram um aparelho que se dobra ao meio tal qual a antiga linha Razr. O documento revela ainda como a empresa pretende vencer um dos principais desafios da tecnologia: a impossibilidade de flexionar totalmente o painel LCD ou OLED. O smartphone teria um espaço vazio junto à dobradiça que poderia alojar a curvatura criada pela tela.

A patente obtida pela Motorola, por outro lado, deixa algumas perguntas quanto o funcionamento do display com o telefone aberto. Ainda não se sabe, por exemplo, se a região central seria rígida como a demais partes ou se o espaço continuaria flexível por conta do vazio logo abaixo da tela. Entretanto, é possível que a fabricante traga mais detalhes para isso em novos registros.


Embora possam dar uma ideia dos planos das empresas de tecnologia, as patentes devem ser olhadas com cautela. Isso acontece porque esses documentos podem ser usados apenas para registrar ideias e conceitos ou servir como referência para novos produtos. Ou seja, o design pode mudar consideravelmente até o lançamento da versão final.


Nos últimos meses, diversas companhias têm registrado patentes e indicado que pretendem lançar smartphones dobráveis no próximo ano. A Huawei e a Samsung, por exemplo, brigam para serem as primeiras a apresentarem estes telefones. Inclusive, rumores indicam que o Galaxy X com a tecnologia deve ser apresentado em fevereiro, durante o MWC 2019, em Barcelona.

Via olhar digital
-publicidade-

Postar um comentário

0 Comentários